Campus de Vitória da Conquista, 12 de dezembro de 2019

Projetos de Pesquisa

LINHA 1: MEMÓRIA, CULTURA E EDUCAÇÃO
MEMÓRIA, CIDADE E CULTURA

Prof. Dr. Felipe Eduardo Ferreira Marta (responsável pelo projeto)
EMENTA: Este projeto temático abarca subprojetos que objetivam investigar questões relacionadas à memória referente ao processo de desenvolvimento e modernização das cidades brasileiras. Fontes orais, impressas e visuais que, ao serem estudadas em seu conjunto, permitem perceber a emergência de sujeitos históricos e memórias, muitas vezes conflitantes, a respeito do processo de desenvolvimento das cidades. As condições de possibilidade que permitiram o surgimento de novas sociabilidades próprias do viver urbano no final do século XIX e durante o século XX.

MEMÓRIA, CINEMA, AUDIOVISUAL E PROCESSOS DE FORMAÇÃO CULTURAL

Profa. Dra. Milene de Cássia Silveira Gusmão e Prof. Dr. Edson Silva de Farias (responsáveis pelo projeto)
EMENTA: O projeto busca investigar as relações entre memória, cinema, audiovisual e processos de formação cultural. Tal proposição visa contribuir tanto para o debate teórico sócio-histórico sobre a articulação temática entre produção simbólica nos âmbitos do cinema e do audiovisual e processos de significação na sociedade contemporânea quanto para reflexões acerca do papel da memória (social e individual). A perspectiva analítica respalda-se no pressuposto de que a memória, sempre mediada pelos processos permanentes de aprendizado que engendram práticas humanas e parametram as possibilidades expressivas, tanto diz respeito à estocagem de saberes veiculados pela linguagem quanto se refere aos mecanismos de transmissão entre as gerações e aos processos de significação que moldam regularidades sociais. Pretende-se, assim, mapear, a partir das relações entre produção e consumo no âmbito do cinema e do audiovisual, experiências, trajetórias e práticas sociais.

MEMÓRIA, CULTURA E EXPERIÊNCIAS CONTEMPORÂNEAS

Prof. Dr. Edson Silva de Farias (responsável pelo projeto)
EMENTA: Quando nos referimos ao problema da memória, um dos pontos que permanece candente e logo se descortina alvo de polêmicas são os critérios para indicar e aferir a apresentação adequada dos domínios mnemônicos. Este projeto temático abarca subprojetos de pesquisa que investigam ou objetivam investigar e discutir, na perspectiva de diferentes competências disciplinares, questões relacionadas à memória como objeto multifocal, cultura e experiências contemporâneas, em diferentes formas de expressão, que incluem corpora constituídos de diferentes materialidades imagéticas veiculadas nos mais variados suportes midiáticos.

MEMÓRIA E A RELAÇÃO ESTADO, IGREJA E EDUCAÇÃO NO BRASIL NOS CONTEXTOS COLONIAL, IMPERIAL E REPUBLICANO

Profa. Dra. Ana Palmira Bittencourt Santos Casimiro (responsável pelo projeto)
Prof. Dr. Ruy Hermann Araújo Medeiros (colaborador)
EMENTA: O projeto pretende analisar a tensão entre Estado, Igreja e Educação no Brasil. A perspectiva principal será a atuação das ordens religiosas, mormente aquelas que, além da educação missionária, também se dedicaram a fundar instituições de ensino, como escolas, colégios e internatos. Além disso, será considerado qualquer aspecto do fenômeno que venha a contribuir para uma compreensão científica da realidade estudada. Um problema de pesquisa central norteia a revisão da literatura, a coleta e as análises: quais foram as razões essenciais dos conflitos entre o Estado, a Igreja e os intelectuais da Educação, nos contextos colonial, imperial e republicano e, prevalentemente, no contexto imediatamente antecedente e imediatamente subsequente ao Projeto Colúmbia? A hipótese central é a de que, na história da Igreja, esteve sempre presente a questão do poder, inclusive como elemento indispensável para a própria sobrevivência da Igreja. Tomando como medida a categoria da contradição dialética, pode-se observar que, na história da Igreja, a questão do poder em todas as suas variações, como disputa pelo poder, manutenção do poder, seguida pelas ameaças da perda de poder, novas disputas, tentativa de manutenção e novas perdas, esteve presente. Pretende-se, pois, revisar a história da Igreja Católica no Brasil e mapear as ordens religiosas que atuaram no país, analisando as suas propostas para a formação dos seus próprios quadros, para a educação missionária, catequética e escolar.

MEMÓRIA E CONSTRUÇÃO SOCIAL DOS GOSTOS: RELAÇÕES ENTRE CULTURA, MERCADO E CONSUMO

Profa. Dra. Maria Salete de Souza Nery (responsável pelo projeto)
EMENTA: Este projeto temático tem por objetivo investigar o processo social de formação dos gostos e produção / consumo de bens no contexto do capitalismo a partir das dinâmicas e cruzamentos entre modos de vida e relações de poder em perspectiva sócio-histórica. Os subprojetos de pesquisa vinculados ou que pretendem se vincular a este projeto temático devem / buscam responder a questões voltadas para os complexos mecanismos de trocas e relações, em suas assimetrias e redes extensas, por vezes internacionais, que redundaram na conformação de gostos singulares, que, naturalizados, tendem a ser esquecidos enquanto coisa social e foram reelaborados na forma de objetos de consumo de diferentes naturezas.

MEMÓRIA E HISTÓRIA DAS IDEIAS PEDAGÓGICAS CONTRA-HEGEMÔNICAS NO BRASIL

Prof. Dr. Cláudio Eduardo Félix dos Santos (responsável pelo projeto)
EMENTA: Este projeto temático visa a responder questões relacionadas ao desenvolvimento do pensamento pedagógico de esquerda no Brasil a partir da análise histórica e das memórias de organizações populares, sindicais ou políticas, bem como de educadoras(es) e intelectuais, em relação aos fundamentos, tendências e práticas educativas que se reivindicam críticas. Desse modo, os subprojetos de pesquisa vinculados, ou que pretendem se vincular ao projeto, buscam responder questionamentos relacionados a um dos seguintes eixos: a) o papel do conhecimento em suas formas científicas, artísticas e filosóficas na luta contra a alienação na perspectiva das ideias e/ou experiências pedagógicas contra-hegemônicas; b) a forma como a educação escolar tem sido abordada pela esquerda no Brasil em relação aos enfrentamentos postos pela luta de classes; c) relação entre: i) conhecimento popular e erudito; ii) educação escolar e não escolar; iii) conteúdo e forma nas proposições pedagógicas que se reivindicam críticas; d) contradições, limites e avanços de teorias e práticas educativas críticas no interior do modo capitalista de produção da vida.

MEMÓRIA, RELAÇÕES AFETIVAS E VIOLÊNCIA CONTRA MULHERES

Profa. Dra. Tânia Rocha Andrade Cunha (responsável pelo projeto)
EMENTA: Este projeto temático abarca subprojetos de pesquisa que buscam responder a questões relacionadas à memória, às relações afetivas e à violência contra a mulher, compreendidas como fenômenos multifacetados presentes na vida de mulheres de todas as classes sociais e raças / etnias, ainda que de maneira diferenciada. Considerando que ao longo do século XX as mulheres alcançaram importantes e definitivas conquistas: mudanças nas taxas de fecundidade; nos níveis educacionais; participação no mercado de trabalho; redefinição de papéis no interior da família e na sociedade; avanços nos campos jurídicos, nas agendas governamentais, resultando no desenvolvimento de políticas públicas, em diversas áreas, nomeadamente na família, educação, trabalho e em outros setores, a desigualdade entre homens e mulheres ainda é uma realidade na qual persistem resquícios de um poder patriarcal instituído de forma mais ou menos explícita nas diversas áreas sociais. A construção social baseada no gênero aprisionou homens e mulheres a funções sociais pouco facilitadoras do desenvolvimento da mulher e das suas expectativas pessoais enquanto sujeito de pleno direito, uma vez que, neste contexto, temos uma mulher, via de regra, que assume uma dupla jornada de trabalho e que vivencia conflitos e culpas em relação à maternidade e ao lar, por um lado, e à realização pessoal, por outro. Esses fatores têm ocasionado sérios problemas conjugais, entre os quais a violência presente nas relações afetivas. Assim, não obstante as conquistas femininas, persistem as desigualdades entre mulheres e homens na relação conjugal.

MEMÓRIA, TRABALHO E EDUCAÇÃO

Profa. Dra. Ana Elizabeth Santos Alves (responsável pelo projeto)
EMENTA: Este projeto temático abarca subprojetos que discutem as categorias trabalho, educação, qualificação profissional e divisão sexual do trabalho, associando memória e história, a partir dos postulados marxistas. O recorte temporal situa-se entre os séculos XX e XXI. As questões levantadas dizem respeito às diversas práticas de trabalho que se articulam entre as atividades produtivas e reprodutivas em unidades de produção tradicional rural e se reproduzem no modo de produção capitalista, como também as possibilidades educativas no exercício do trabalho profissional e doméstico.

MEMÓRIA, TRAJETÓRIAS SOCIAIS E PROCESSOS DITATORIAIS NA AMÉRICA LATINA

Profa. Dra. Lívia Diana Rocha Magalhães (responsável pelo projeto)
EMENTA: Este projeto temático abarca subprojetos que têm como objetivo responder a questões relacionadas à história e à memória das políticas educacionais e experiências sociais durante e após a ditadura civil-militar brasileira, observando memórias individuais, coletivas, geracionais, sociais, públicas, entre outras, de um processo autoritário que continua incidindo no presente.

MEMÓRIA, VIOLÊNCIA E INFÂNCIA NO BRASIL

Prof. Dr. João Diógenes Ferreira dos Santos (responsável pelo projeto)
EMENTA: O projeto temático busca investigar interfaces da violência no que se refere ao universo infanto-juvenil. O aumento vertiginoso da violência configura-se como uma das questões centrais da problemática social na atualidade. Todavia, este não é um fenômeno unicamente contemporâneo, pois, respeitando as especificidades históricas, esteve presente nas sociedades em suas variadas formas, demonstrando, assim, seu caráter multifacetado. Em países como o Brasil, onde a distribuição de renda é extremamente desigual, a violência alcançou tamanha dispersão, magnitude e frequência, que deixou de ser tratada apenas como uma questão da justiça, para ganhar o status de problema social, cuja falta de políticas públicas por parte do Estado agrava ainda mais tal situação, entre outras. Dentre as formas de violência, este projeto temático pretende responder questões relacionadas à violência contra crianças e adolescentes, violência que mantém relação com a cultura adultocêntrica, perceptível nos aspectos disciplinares e de controle da sociedade ocidental.


LINHA 2: MEMÓRIA, DISCURSOS E NARRATIVAS
MEMÓRIA, DISCURSO E RELIGIÃO NA RELAÇÃO COM OS CAMPOS POLÍTICO, CIENTÍFICO E MIDIÁTICO

Profa. Dra. Edvania Gomes da Silva (responsável pelo projeto)
EMENTA: O objetivo deste projeto temático é analisar o vínculo entre memória e discurso religioso na relação com discursos que atravessam e constituem os campos político, científico e midiático. Trata-se de verificar em que medida o discurso religioso encontra-se presente em materialidades discursivas relacionadas a um desses campos. Nesse sentido, interessam-nos, neste projeto, subprojetos de pesquisa que busquem responder a questões relacionadas a três diferentes eixos temáticos, quais sejam: 1) Memória e discurso religioso nas relações de sentido que atravessam o campo político; 2) Memória e discurso religioso nas relações de sentido que atravessam o campo científico; 3) Memória e discurso religioso em textos materializados na mídia (em veículos institucionalizados e também na chamada mídia alternativa).

MEMÓRIA, EFEITOS DE VERDADE E EFEITOS DE JUSTIÇA EM CRIMES DE CORRUPÇÃO E EM CRIMES SEXUAIS

Profa. Dra. Maria da Conceição Fonseca-Silva (responsável pelo projeto)
EMENTA: O projeto temático tem como objetivo geral responder a questões relacionadas a um dos seguintes eixos temáticos: 1) Memória e efeitos de sentido da assunção político-jurídica de sujeitos políticos (mulheres e homens) nas esferas de poder (Legislativo, Executivo ou Judiciário); 2) Efeitos de memória, efeitos de verdade e efeitos de justiça, em casos de ilícitos jurídicos, tais como corrupção, crime contra a administração pública, improbidade administrativa, crimes de responsabilidade e processo de impeachment no cenário político brasileiro; 3) Memória e efeitos de justiça em casos de crimes sexuais, nas suas diversas tipificações. Em síntese, o projeto temático abarca, pois, subprojetos de pesquisa que, por meio de diferentes materialidades significantes ou narrativas (a exemplo de leis, projetos de lei, processos judiciais ou dispositivos midiáticos, entre outros), buscam responder a questões relacionadas a um desses eixos temáticos apresentados.

MEMÓRIA, ENVELHECIMENTO E DEPENDÊNCIA FUNCIONAL

Profa. Dra. Luciana Araújo dos Reis (responsável pelo projeto)
EMENTA: O projeto temático tem como objetivo geral analisar a memória de idosos longevos sobre a dependência funcional e, como objetivos específicos, responder a questões relacionadas a quatro eixos temáticos: 1) Memória coletiva representada por idosos longevos com dependência funcional; 2) Sentidos da memória mediante os desafios e superações vivenciados pelos idosos longevos com dependência funcional; 3) Ocorrência de mudanças em seu viver, permitindo um novo sentido para a sua vida; 4) Repercussões físicas, emocionais, psicológicas, econômicas e sociais para os idosos longevos em contexto familiar. Em síntese, o projeto temático abarca, pois, subprojetos de pesquisa que, por meio de narrativas, buscam responder questões relacionadas a um desses eixos temáticos apresentados.

MEMÓRIA, FEMINISMO E GÊNERO

Profa. Dra. Rita Maria Radl Philipp (responsável pelo projeto)
EMENTA: Este projeto temático de pesquisa tem como objetivo o estudo sobre memória, feminismo, conhecimento sobre as mulheres e gênero. Como um todo, a teoria é posterior à prática e assim tem sido também a relação com a problemática do conhecimento das mulheres e do gênero. Este conhecimento que analisa as particularidades e características que afetam o comportamento e as relações de mulheres e homens na sociedade não é pensado sem o movimento político e discursivo das reivindicações dos diretos das mulheres. O movimento político e discursivo do feminismo abre o caminho ao desenvolvimento singular sobre as mulheres, os papéis e relações de gênero. O tema de visão e tratamento diferencial, discriminatório e desvantajoso das mulheres no campo geral do conhecimento social começa a ser considerado como um campo próprio, cientificamente relevante, a partir dos finais dos anos 60 e princípio dos anos 70 do século XX. É nesse campo que investigamos a relação entre memória, feminismo, conhecimento sobre as mulheres e gênero.

MEMÓRIA, FILOSOFIA E PENSAMENTO SOCIAL

Prof. Dr. Pedro Ramos Dolabela Chagas (responsável pelo projeto)
Profa. Dra. Caroline Vasconcelos Ribeiro (colaboradora)
EMENTA: O projeto temático tem como objetivo geral responder a questões relacionadas a um dos quatro eixos temáticos a seguir: 1) O tema da memória na filosofia moderna; 2) A contribuição da filosofia moderna para a compreensão de conteúdos de memória presentes em fatos, processos ou produções de diferentes tipos; 3) O pensamento social (na história e nas ciências sociais) como instância de produção de memória sobre lugares e culturas; 4) A contribuição do pensamento social para a compreensão de conteúdos de memória presentes em fatos, processos ou produções de diferentes tipos. Em suma, o projeto abarca subprojetos que têm a filosofia moderna e/ou o pensamento social como objeto de estudo, ou que os tomam como suporte instrumental para investigar a presença do tema da memória em objetos de estudo específicos.

MEMÓRIA, HISTÓRIA E ESQUECIMENTO NA LITERATURA E NO CAMPO HISTORIOGRÁFICO

Prof. Dr. Marcello Moreira (responsável pelo projeto)
EMENTA: O projeto temático objetiva ao estudo das relações entre memória e literatura por meio da análise de gêneros como diários literários e memórias. Visa-se à compreensão dos usos históricos diferenciados de diários e memórias entre os séculos XVI e XX no Ocidente. Propõe-se, outrossim, pesquisas sobre as relações cambiantes entre a história e a memória, problematizando essa relação, que articula o trinômio história, memória e esquecimento.

ESTADO, MEMÓRIA E CONFLITOS SOCIAIS NO BRASIL

Prof. Dr. José Alves Dias (responsável pelo projeto)
EMENTA: O aspecto fundamental do projeto temático é a ação controladora do Estado na constituição e reprodução das memórias sobre a realidade sociopolítica brasileira no período republicano. Em consequência disso, busca-se estabelecer uma correlação entre memória e ideologia com a finalidade de analisar o modo como se impõem os silenciamentos de grupos sociais antagônicos. Além disso, considera-se extremamente relevante a articulação orgânica entre Estado e sociedade na determinação dos limites impostos à difusão dessas memórias, em particular no que se refere a períodos autoritários no Brasil, tais como o Estado Novo e a Ditadura Militar. Por outro lado, pretende-se observar o movimento contrário e dialético de resistência e reconstrução dessas memórias no tempo presente.

MEMÓRIA, PENSAMENTO E PSICANÁLISE

Profa. Dra. Maria da Conceição Fonseca-Silva e Prof. Dr. Auterives Maciel Júnior (responsáveis pelo projeto)
EMENTA: Como objetivo geral de pesquisa, este projeto temático busca problematizar a singularidade da memória e do pensamento psicanalítico – diferenciando-o tanto do pensamento filosófico, quanto do pensamento cientifico –, a partir da construção freudiana, das contribuições de Donald Winnicott, Sandor Ferenczi, Melanie Klein e Jacques Lacan. Neste sentido, o projeto temático abarca subprojetos de pesquisa que tentam responder a questões relacionadas a um dos três eixos temáticos: 1) Memória, fundamentos da metapsicologia freudiana e a diferença existente entre Psicanálise, Filosofia e Ciência; 2) Memória, clínica psicanalítica e estruturas clinicas; 3) Memória, diferentes concepções da clínica psicanalítica na história da psicanálise e a problemática do sujeito contemporâneo.

MEMÓRIA, POLÍTICAS E REPRESENTAÇÕES SOBRE ÁLCOOL E DROGAS

Profa. Dra. Luci Mara Bertoni (responsável pelo projeto)
EMENTA: Este projeto temático tem como objetivo investigar as representações sociais e as políticas públicas relacionadas ao uso / abuso de drogas lícitas e ilícitas. Historicamente, a temática sempre esteve nas diversas comunidades e sociedades. Porém, as transformações ocorridas em relação ao uso de drogas e as distintas representações que se têm sobre estas vão mudando ao longo dos tempos e influenciando comportamentos, políticas e normas de conduta. A relação de homens e mulheres com os diversos tipos de drogas e suas consequências têm sido alvo de diversas análises em diferentes áreas do conhecimento. Levantamos a hipótese de que a mídia, as políticas públicas de saúde e de educação, as constituições das identidades e de socialização de gênero e as próprias representações sociais podem constituir-se em fatores de influência no aumento ou não do consumo e do uso abusivo de drogas e álcool entre homens e mulheres.

MEMÓRIA, RECONHECIMENTO E JUSTIÇA

Prof. Dr. Elton Moreira Quadros (responsável pelo projeto)
EMENTA: O projeto temático pretende investigar a relação entre memória, reconhecimento e justiça e analisar questões fundamentais como: ética, alteridade, reconhecimento, identidade, patrimônio cultural (material ou imaterial), memória e justiça. Nesse sentido, partimos de três eixos básicos e que podem estar inter-relacionados: 1) Conceber a memória como um campo do conhecimento que pode ser investigado tanto do ponto de vista das teorias da memória, suas complexidades e concepções filosóficas ou sociais, quanto no diálogo interdisciplinar com outras áreas do saber e das artes (literatura, cinema, música, artes plásticas); 2) Investigar a memória no que diz respeito a sua efetividade em relação ao reconhecimento de si e ao reconhecimento mútuo em suas instâncias sociais, identitárias e culturais; 3) Refletir sobre a justiça e os aspectos que implicam fundamentalmente a memória ou o esquecimento, tais como dever de memória e dever de justiça, os usos e abusos da memória, o esquecimento e suas implicações como fator de justiça ou injustiça, entre outros. Esse projeto temático parte do pensamento contemporâneo e de seu diálogo interdisciplinar para refletir sobre a diversidade de objetos que vêm do passado, mas que estão encadeados ao presente.

Telefone:

(77) 3425-9395

Endereço:

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
Estrada do Bem Querer - km 04
Bairro Universitário
CEP.: 45031-900
Vitória da Conquista, Bahia

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia