dúvidas frequentes

Não. De acordo com o Edital 141/2021, o Processo Seletivo Especial destina-se a candidatos que tenham concluído o Ensino Médio ou curso equivalente. Conforme cronograma constante no referido Edital, a matrícula ocorrerá a partir de 10 de novembro e os aprovados no PSE ingressarão no período letivo de 2021.1, que está previsto para iniciar a partir de 6 de dezembro.

Sim. Qualquer pessoa que concluiu o Ensino Médio poderá buscar uma vaga nos cursos de graduação disponíveis, por meio da nota do seu histórico escolar ou caso tenha realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) entre os anos de 2016 e 2019. Porém, assim como no Vestibular Uesb e no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Processo Seletivo Especial não permite que portadores de diploma concorram para as Modalidades de Concorrência “Reserva de Vagas I e II” ou “Cotas Adicionais”, e nem que solicite isenção de pagamento de taxa de inscrição.

Conforme decisão do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da Uesb, a oferta de vagas para 2021.1 foi definida por cada Colegiado de curso, de acordo com a realidade educacional causada pela pandemia e o impacto disso nas graduações. Dessa forma, alguns cursos não ofertarão novas vagas para ingresso no primeiro período letivo de 2021.

De acordo com o item 11 do Edital 141/2021, que regulamenta o Processo Seletivo Especial, podem solicitar a isenção:

  • Candidato que tenha optado pelas Modalidades de Concorrência “Reserva de Vagas I” ou “Reserva de Vagas II” e que tenha declarado, na inscrição, não ser portador de diploma ou certificado de conclusão de curso de graduação;
  • Candidato que tenha optado pela Modalidade de Concorrência “Cotas Adicionais” (quilombolas, indígenas ou pessoas com deficiência) que tenha declarado, na inscrição, não ser portador de diploma ou certificado de conclusão de curso de graduação;
  • Candidato que seja servidor da Uesb ou de outras universidades estaduais da Bahia (na condição de servidor efetivo, contratado em Regime Especial de Direito Administrativo, livre-nomeado ou servidor de outro órgão público à disposição da Universidade), ou candidato que seja dependente (cônjuge ou filho) de servidor da Uesb, Uefs, Uneb ou Uesc, que tenha declarado, na inscrição, não ser portador de diploma ou certificado de conclusão de curso de graduação;
  • Candidato que seja empregado de empresa de locação e gestão de mão de obra que esteja servindo na Uesb, que tenha declarado, na inscrição, não ser portador de diploma ou certificado de conclusão de curso de graduação;
  • Candidato que seja estagiário da Uesb, desde que não seja portador de diploma ou de certificado de conclusão de curso de graduação.;
  • Candidato que tenha optado pela modalidade “Ampla Concorrência”, que tenha anexado, ao pedido de inscrição, histórico escolar comprovando que cursou todo o Ensino Fundamental II e todo Ensino Médio em estabelecimento de ensino público, desde que não seja portador de diploma ou de certificado de conclusão de curso de graduação.

No ato de inscrição, o candidato poderá solicitar a isenção da taxa de inscrição. Para isso, é necessário estar enquadrado em uma das situações definidas no item 11 do Edital 141/2021 e na Portaria 468/2021.

Os candidatos que realizarem inscrição para a modalidade “Ampla Concorrência” poderão solicitar isenção mediante anexação, no formulário de inscrição, da documentação exigida em Edital e Declaração de que não é portador de diploma de curso de graduação (disponível no próprio formulário de inscrição). Caso a documentação anexada não seja suficiente para atestar a condição, a inscrição não será deferida, acarretando na exclusão do candidato do processo seletivo.

Os candidatos que fizerem inscrição para as modalidades de concorrência “Reserva de Vagas I e II” ou “Cotas Adicionais” não precisarão anexar documento à solicitação de isenção, será necessário apenas a Declaração afirmando que não é portador de diploma de curso de graduação (disponível no próprio formulário de inscrição).

De acordo com o item 7.4. do Edital 141/2021, o candidato não pode concorrer com mais de uma inscrição no Processo Seletivo Especial. Porém, em uma única inscrição, o candidato deverá indicar duas opções de curso. A segunda opção somente será considerada, para efeito de convocação para matrícula, na hipótese de não existir candidatos classificados em primeira opção para o mesmo curso, em todas as modalidades de concorrência (com as exceções previstas para a modalidade de concorrência “Cotas Adicionais”) e em ambos os critérios de seleção.

O candidato pode apresentar Boletim de Desempenho do Enem em que participou como “treineiro”, desde que, no ato da inscrição, já tenha concluído o Ensino Médio.

No PSE, estão disponíveis três modalidades de concorrência: Ampla Concorrência, Reserva de Vagas I e II e Cotas Adicionais. Metade das vagas são destinadas para Ampla Concorrência e a outra metade destinada para Reserva de Vagas I e II.

Na Reserva de Vagas I, concorrem candidatos que tenham cursado os quatro últimos anos do Ensino Fundamental (do 6º ao 9º ano) e todo o Ensino Médio na rede pública de ensino. As vagas disponíveis na Reserva de Vagas II são para candidatos que preencham os requisitos previstos para a modalidade “Reserva de Vagas I” e que se autodeclarem “negros” – pretos ou pardos, segundo classificação étnico-racial adotada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Já as Cotas Adicionais são voltadas para candidatos que integrem os seguintes segmentos sociais: quilombolas, indígenas e pessoas com deficiência. Em cada curso, uma vaga adicional é reservada para cada um dos segmentos, totalizando três vagas por curso.

Candidatos portadores de diploma de graduação não podem concorrer tanto às Cotas Adicionais como à Reserva de Vagas I e II, ainda que atenda aos outros requisitos.

O Edital do Processo Seletivo Especial não prevê pesos diferenciados em determinadas disciplinas ou áreas de conhecimento. A média será calculada da mesma forma, independente da opção de curso.

O Bônus Regional é voltado para os candidatos que comprovarem domicílio eleitoral em uma das 53 cidades que integram o Território Médio Sudoeste, o Território Médio Rio de Contas e o Território Sudoeste Baiano. Esses estudantes contarão com um bônus de 10% da sua nota, para ser somada à pontuação final.

O Bônus Regional será concedido a partir da cópia do título de eleitor do candidato, ou outro documento emitido exclusivamente pela Justiça Eleitoral, atestando inscrição em zona eleitoral de município incluído entre os validados. O documento deverá ser anexado ao formulário de inscrição. Confira aqui a lista completa das cidades que compõem esses territórios.

O formato de realização de cada semestre está sendo definido pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), a partir das condições sanitárias do momento, e ainda não foi definido como será realizado o período letivo 2021.1.

Ícone de Inscrições
Inscrições
Faça sua inscrição de 16 a 30 de setembro.
Ícone de Cursos e Vagas
Cursos e Vagas
40 opções de cursos e 758 vagas.
Ícone do Boletim de Desempenho
Boletim de Desempenho
Pesquise aqui a sua nota no ENEM.
Ícone de Dúvidas Frequentes
Dúvidas Frequentes
Principais perguntas e respostas sobre o processo.
Copyright 2021 © - Todos os direitos reservados - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
Desenvolvido pela ASCOM / CHP
Brasão da Uesb e do Governo da Bahia