Graduação

Curso de Fisioterapia irá comemorar duas décadas de existência

por Carlos Santos

Untitled-1

Criado em 1998, o curso de graduação em Fisioterapia da Uesb, campus de Jequié, completou 19 anos de existência. Ao longo de sua trajetória, o curso se consolidou e, atualmente, possui uma infraestrutura condizente com a realidade regional, tanto para a formação acadêmica do aluno de graduação quanto para o competitivo mercado de trabalho do fisioterapeuta. Na última avaliação do Exame Nacional de Desempenho (Enade), divulgada em 2015, a graduação obteve conceito 4, confirmando a qualidade da formação acadêmica que é oferecida aos seus alunos.

Informações básicas

Criação: 1998
Modalidade: Bacharelado
Campus: Jequié
Duração mínima: 10 semestres

O objetivo do curso é formar profissional da área de Saúde para atuar na prevenção, cura e reabilitação de doenças, com vistas à melhoria da qualidade de vida dos seres humanos. De acordo com o coordenador da graduação, professor Luciano Nery Ferreira, a formação do aluno de Fisioterapia obedece às diretrizes curriculares nacionais ditadas pelo Ministério da Educação (MEC) e ele chega ao mercado de trabalho como generalista. “É um profissional que está apto a atuar em todas as fases de tratamento e em todas as especialidades. Claro, que não de forma aprofundada, para isso ele precisa fazer uma pós-graduação”, esclarece o professor.

Gilmara Oliveira Santos, que se formou na Uesb no último ano, já buscou a especialização e, atualmente, é fisioterapeuta residente em Unidade de Terapia Intensa e Emergência, em Salvador. Para ela, ter o diploma da Universidade é motivo de orgulho. “A qualidade de ensino e estímulos dos professores sempre superaram minhas expectativas, prova disso, por exemplo, são as aprovações de alunos que saíram da Uesb em seleções de residência, que são muito concorridas, em múltiplos estados do Brasil, inclusive, nas primeiras colocações”, comemorou a egressa.

Na última avaliação do Exame Nacional de Desempenho (Enade), o curso de Fisioterapia obteve conceito 4.

Clínica de Fisioterapia

As aulas teóricas da graduação em Fisioterapia são ministradas no próprio campus da Universidade. A partir do 9º semestre, os discentes vivenciam o Estágio Supervisionado na Clínica-Escola de Fisioterapia. Com a supervisão de professores, eles atendem pacientes de Jequié e região circunvizinha, realizando tratamento especializado. Dessa forma, são seguidos os princípios que regem a Universidade, que são o ensino, a pesquisa e a extensão.

A Clínica-Escola de Fisioterapia, situada no campus da Uesb de Jequié, funciona no turno matutino. Cerca de 80 pacientes são atendidos por dia entre as especialidades de neuro-geriatria, trauma-ortopedia, pediatria e ginecologia, obstetrícia e cardiorrespiratória. “Oferecemos suporte necessário para que os alunos possam aprender e desenvolver habilidades, adquirindo experiência para o desenvolvimento de sua futura carreira profissional”, explicou a coordenadora da Clínica-Escola, professora Cristiane Aguiar.

Por meio de uma parceria com o Sistema Único de Saúde (SUS), os pacientes são atendidos gratuitamente. Aurino Galdino dos Santos, de 56 anos, sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) há dois meses. Quando saiu do internamento, foi encaminhado para a Clínica-Escola, onde está recebendo o tratamento específico para a sua enfermidade. A esposa dele, Maria das Graças, que o acompanha no tratamento, afirmou que está feliz com os resultados da recuperação. “Ele chegou de andadeira, agora, está conseguindo ficar em pé. Alguns movimentos do braço esquerdo dele também estão voltando. Graças aos tratamentos oferecidos na clínica, a recuperação dele está maravilhosa”, comemorou a esposa.

Além disso, por meio de convênio, os alunos também acompanham pacientes idosos da Fundação Leur Britto e casos clínicos nos postos de saúde municipais de Jequié. O atendimento ao público também acontece por meio de ações de projetos de pesquisa e extensão, que envolvem bolsistas remunerados e voluntários, a exemplos do projeto voltado ao tratamento de Úlceras dos Membros Inferiores e Tratamento Terapêutico para Idosos.