Brasão UESB/Governo da Bahia

Doutorado em Engenharia de Alimentos da UESB é o único no interior do Nordeste

Pós-Graduação

Principal
O Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Ciência de Alimentos da Uesb, no campus de Itapetinga, foi aprovado em 2006. O Conselho Técnico-científico (CTC) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) aprovou o Programa com nota 4. Já o Doutorado, iniciado em 2015, destaca-se por ser o único da área no interior do Nordeste, contribuindo, assim, para a formação e atuação de profissionais nas regiões fora dos grandes centros.

O Doutorado em Engenharia e Ciência de Alimentos da Uesb destaca-se por ser o único do interior do Nordeste do Brasil.

Destinado a profissionais com diploma de curso superior nas áreas de Engenharia, Ciências Exatas, Ciências Agrárias e outras correlacionadas, o Programa tem por objetivo a pesquisa, o treinamento e a formação de pessoal capacitado, utilizando os princípios fundamentais da Ciência da Engenharia aplicados ao estudo dos fenômenos das transformações, operações e processos envolvidos na Agroindústria. O curso de Mestrado tem duração mínima de 12 e máxima de 24 meses, e o curso de Doutorado tem duração mínima de 36 e máxima de 48 meses.

O Programa tem caráter multidisciplinar, envolvendo profissionais formados em Engenharia de Alimentos e áreas afins, interessados em estudos sobre problemáticas da agroindústria de alimentos. Nesse Programa, a palavra alimento engloba qualquer item relativo ao alimento em si, tais como matérias-primas, insumos, embalagens, produtos alimentícios e bebidas em geral e outras substâncias químicas ou produtos biológicos associados ao pré-processamento, processamento e conservação dos alimentos, além dos tratamentos de resíduos da indústria de alimentos.

Conforme explica o coordenador do Programa, Rafael Fontan, vinculado ao Departamento de Tecnologia Rural e Animal (DTRA), atualmente, os cursos contam com 14 docentes permanentes e diversos projetos de pesquisa. “São estudados aspectos relacionados ao entendimento sobre algumas transformações em alimentos, informações sobre equilíbrio e purificação, processamento, conservação e outros. Como exemplos, temos: pesquisas relacionadas a fraudes em alimentos; purificação de compostos com potencial de aplicação; embalagens e vida de prateleira, entre outros”, afirma o professor.

Ingresso

Continuidade da Formação Acadêmica

A criação do Programa possibilitou que os alunos interessados pela área acadêmica pudessem dar continuidade à sua formação na própria Uesb. É o caso do doutorando Gabriel Ramos: “ingressei como graduando em 2008 no curso de Engenharia de Alimentos; em 2014, entrei no Mestrado de Engenharia e Ciência de Alimentos e, atualmente, faço doutorado no mesmo Programa”, conta.

No Programa, exige-se um cumprimento de algumas obrigações: exames de proficiência em língua estrangeira, 24 créditos em disciplinas no Mestrado e 36 no Doutorado e a condução de um projeto de pesquisa, que o pós-graduando deve defender ao fim do curso. “No Mestrado, alguns aspectos de originalidade no trabalho são exigidos, enquanto no Doutorado o trabalho deve ter um caráter inovador mais marcante”, salienta o coordenador.

No Programa, os alunos têm ainda a experiência da sala de aula durante a disciplina “Prática na Docência”, sob a supervisão dos orientadores. Josiane Ferreira, que ingressou no Mestrado em 2016 e defendeu sua dissertação em fevereiro deste ano, destaca essa característica. Em julho, ela foi aprovada no Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG) como professora substituta: “a minha vivência durante o estágio em docência no Mestrado, me deu uma breve experiência de sala de aula e despertou meu interesse pela área, por isso optei por seguir carreira docente”, ressalta.

Matérias mais vistas

confira as matérias com mais cliques em nossa revista eletrônica

Especial 40 anos
Os primeiros passos de uma universidade
Especial 40 anos
A educação na região Sudoeste...
Especial 40 anos
Passado e presente se encontram em...
Especial 40 anos
40 anos desbravando os caminhos da...
Especial 40 anos
Uesb impulsiona crescimento...
Assistência Estudantil
Políticas afirmativas garantem...
Especial 40 anos
Onde são formados os professores da...
Especial 40 anos
Pesquisa e extensão a serviço da...
Especial 40 anos
40 fatos sobre a Uesb que você...
Especial 40 anos
Laboratórios qualificam a formação...
Especial 40 anos
Universidade oferece oportunidades de...
Especial 40 anos
Qual a cara da Uesb dos 40 anos?