Brasão UESB/Governo da Bahia

O curso de Geografia da Uesb comemora 30 anos

Graduação

DSC05763

No dicionário da língua portuguesa, a palavra “Geografia” está relacionada à ciência que trata da descrição da Terra e do estudo dos fenômenos físicos, biológicos e humanos que nela ocorrem, suas causas e relações. Para o curso de Licenciatura em Geografia da Uesb, são definições que norteiama sua longa jornada, que completa 30 anos em 2015.

Informações básicas

Criação: 1984
Modalidade: Licenciatura
Campus: Vitória da Conquista
Duração mínima: 8 semestres

Historicamente os primeiros geógrafos começaram a atuar no país em 1808, no entanto só foi em 1979 que se deu a regularização do exercício da profissão do geógrafo no Brasil, oficializada por meio da Lei 6.664/79. Pouco tempo depois desta regulamentação, o curso foi implantado no campus de Vitória da Conquista no ano de 1985, quatro anos após a criação da Universidade, tendo como principal objetivo a formação de profissionais que desenvolvam uma visão clara do conceito de que a sociedade é o verdadeiro tema da Geografia.

Com duração regular de quatro anos, o curso oferece anualmente o número de 80 vagas, divididas entre os turnos matutino e o noturno, para os estudantes que desejam ingressar na Instituição por meio do Vestibular ou do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) do Ministério da Educação (MEC). Na sua infraestrutura, o curso disponibiliza de seis laboratórios para estudo, além da Estação Meteorológica e projetos de pesquisa e monitoria em que esses alunos são inseridos desde o segundo semestre acadêmico.

Iniciação à DocênciaB - BIDs e demais...

Turma do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência de 2013 voltado para a Geografia.

Ao longo dessas três décadaso curso se amadureceu e consolidou dentro da Universidade, recebendo cerca de 60 turmas de geógrafos. A primeira delas se formou no ano de 1991. Até dezembro de 2014, foram formados 934 licenciados no ensino da Geografia.

O quadro docente é composto por 29 professores, sendo 19 doutores, nove mestres e um especialista. A coordenadora do Colegiado de Geografia, professora Andrecksa Oliveira, revela que 18 desses professores foram ex-alunos do curso na Uesb. “Este é um fato que a gente comemora porque são professores que tiveram essa formação docente aqui na Uesb e que retornam à casa”, comenta Oliveira.

Com 30 anos de trajetória acadêmica e uma série de ações voltadas para a extensão do ensino da Geografia dentro e fora da Universidade, os egressos ainda encontram espaço para a pós-graduação. No próprio campus, está disponível a Especialização em Análise do Espaço Geográfico, com possibilidade de pesquisa em três linhas: Análise Ambiental; Planejamento e Gestão Territorial; e Ensino de Geografia.

O professor Jânio Diniz, que dirige o Departamento de Geografia e acompanha a trajetória do curso desde a sua criação, ressalta a importância da consolidação da licenciatura plena em Geografia no que diz respeito à influência da Instituição no contexto do desenvolvimento regional. “Hoje nós temos cerca de 1000 profissionais que a Universidade formou e que estão atuando na região. É um contexto de mais de 100 munícipios, no sentido de atender às demandas quanto ao setor da Educação, além de dar também o suporte às prefeituras nas questões ligadas ao planejamento e à gestão das cidades, ou atuando também como pesquisadores”, destaca Diniz.

O diretor ainda explica que o ensino da Geografia permite o aprofundamento do conhecimento interdisciplinar no atual contexto da educacional, dando espaço para que o estudante possa se desenvolver profissionalmente nas categorias ambientais, urbanas, regionais e, principalmente, na área de ensino, que é proposta no projeto pedagógico do curso.

Ao longo dos seus 30 anos, o curso de Geografia da Uesb já recebeu cerca de 60 turmas.

Nesse sentindo, a Uesb tem a missão de formar profissionais geógrafos para que possam trabalhar a fim de solucionar questões de caráter social, econômico, político e geológico, visando a um planejamento eficaz para a melhor ocupação do espaço pelo homem. Capacita, dessa forma, o discente, para que esteja apto a lecionar, buscando sempre desenvolver o olhar crítico das inter-relações homem-espaço. “A gente lança para o mercado de trabalho profissionais capacitados para o ensino da Geografia, tanto para o ensino fundamental, quanto para o ensino médio, ou também estão preparados para ingressar nos cursos de especialização, mestrado e doutorado e posteriormente retornando a Uesb como professores substitutos ou efetivos do curso”, explica a coordenadora do curso.

Em comemoração aos 30 anos do curso, o Departamento de Geografia promoveu, no mês de novembro, o 5º Simpósio de Ensino da Geografia, que teve como tema norteador das discussões os “30 anos licenciando professores de Geografia”.

Matérias mais vistas

confira as matérias com mais cliques em nossa revista eletrônica

Especial 40 anos
Os primeiros passos de uma universidade
Especial 40 anos
A educação na região Sudoeste...
Especial 40 anos
Passado e presente se encontram em...
Especial 40 anos
40 anos desbravando os caminhos da...
Especial 40 anos
Uesb impulsiona crescimento...
Assistência Estudantil
Políticas afirmativas garantem...
Especial 40 anos
Onde são formados os professores da...
Especial 40 anos
Pesquisa e extensão a serviço da...
Especial 40 anos
40 fatos sobre a Uesb que você...
Especial 40 anos
Laboratórios qualificam a formação...
Especial 40 anos
Universidade oferece oportunidades de...
Especial 40 anos
Qual a cara da Uesb dos 40 anos?