Graduação

Pedagogia: a construção contínua entre aprender e ensinar

por Mariana Lacerda

11407242_477337299083878_2248240174674440408_n

Formar profissionais e pesquisadores reflexivos para atuar como educadores, capazes de contribuir para que a educação seja uma ferramenta que represente possibilidades de mudança na vida das pessoas. Com esse foco, o curso de Licenciatura Plena em Pedagogia da Uesb atua na região Sudoeste há quase 18 anos. Oferecido nos três campi, o curso tem o objetivo de formar o pedagogo habilitado para trabalhar nas séries iniciais do Ensino Fundamental e nas matérias pedagógicas do magistério, com a capacidade crítica de análise e compreensão da realidade educacional e social.

Em 1996, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) trouxe a recomendação para a formação de professores em nível superior. Esse caminho para a qualificação do profissional da educação teve um importante avanço no último ano com o Plano Nacional de Educação (PNE), que, em uma das suas metas, prevê que todos os professores da Educação Básica tenham formação em cursos de licenciatura até 2020.

Os três cursos de Pedagogia da Uesb foram recomendados pelo Guia do Estudante em 2015.

Foi pensando na qualificação docente que, em 1997, surge o curso de Pedagogia da Uesb, significando uma oportunidade de preparação para professores que atuam tanto na rede pública como na rede privada em Vitória da Conquista, Itapetinga, Jequié e municípios vizinhos. A coordenadora do curso no campus de Jequié, professora Conceição Sobral, explica que ele conta hoje com mais de 300 alunos, oriundos de cerca de 32 municípios da região de Jequié, como Itaquara, Jitaúna, Maracás, Santa Inês. “O que eu percebo, não só como docente da Universidade, mas como moradora da cidade de Jequié, com um filho na idade dos anos iniciais escolares, é que o curso de Pedagogia da Uesb vem dando muitos frutos para o mercado de trabalho. Os alunos, na sua maioria, vêm em busca de um curso universitário e percebem que essa formação pode contribuir na comunidade a qual faz parte”, pontua.

A professora vislumbra que a ação efetiva junto à comunidade rende esses frutos por conta da qualidade do curso: “É um curso de excelência, que agrega valores. Pela segunda vez consecutiva, Pedagogia manteve nota 4 no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), mostrando todo o trabalho do corpo docente da Universidade em torno de uma formação de qualidade que tem contribuído significativamente para a mudança da região, na perspectiva de melhorar a educação e, por consequência, a vida dessas pessoas”.

Do acervo

Seminario Pedagogia 2004_cortada

Seminário de Pedagogia em 2004, campus de Vitória da Conquista

A formação do pedagogo possibilita a atuação em diferentes frentes educacionais disponibilizadas pelo mercado, entre elas empresas de formação e qualificação profissional, curso de idiomas, e na área hospitalar. O professor Wemerson Silva, ex-coordenador do curso em Itapetinga, destaca ainda a educação de jovens e adultos, a gestão e o apoio em espaços escolares e não escolares, e nas disciplinas pedagógicas do magistério. Ele expõe que o foco do curso é o trabalho coletivo e interdisciplinar, com uma gestão democrática e com o compromisso com a realidade escolar. Nesse sentido, a pesquisa e a extensão são aliadas do ensino da Pedagogia: “o profissional pedagogo sai da Uesb gabaritado para o que ele procura. Os projetos de pesquisa e de extensão vêm fortalecer o nosso curso, pelo fato de poder nortear, como linhas de pesquisa, para os nossos alunos. Nós temos, por exemplo, o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) que contribui para os bolsistas. Na realidade da sala de aula, o que ouvimos dos nossos discentes é que, quando saírem como pedagogos, vai ser diferente, porque eles já tiveram a vivência”.

Informações básicas

Criação: 1997
Modalidade: Licenciatura
Campi: Itapetinga, Jequié e Conquista
Duração mínima: 8 semestres

O contato com o dia a dia complementa a bagagem do profissional, que desembarca no mercado com um leque de desafios a enfrentar. Esse diferencial se torna possível por meio do equilíbrio do tripé pesquisa, ensino e extensão. É o que defende também a coordenadora do curso de Pedagogia de Vitória da Conquista, professora Sheila Furtado. “O curso busca contribuir para a educação regional quando busca formar profissionais reflexivos para atuar no mercado. Nesse sentido, tanto a pesquisa quanto a extensão se somam à formação em Pedagogia, de modo a propiciar a vivência e também a desenvolver um olhar investigativo sobre o universo profissional e social que o rodeia”, contextualiza.

Para a coordenadora, um dos principais obstáculos para o pedagogo da atualidade é o despertar de um posicionamento analítico. “Entre os desafios no século atual,está o de contribuir para a formação de pessoas capazes de terem um pensamento criativo e crítico-reflexivo, que atenda às expectativas provocadas por um mundo que passou recentemente pela revolução digital, revolução biológica e globalização da economia”, finaliza.