Editorial - Edição 12

Graduação

Vestibular 2019 é marcado por maior participação de inscritos

por Patrick Moraes

balanço-principal

O Vestibular Uesb 2019 chega ao fim com uma redução significativa no índice de abstenção na realização de provas.

Depois de dois dias de concentração, 85 questões resolvidas e a elaboração de uma redação, que exigiu dos estudantes não só o domínio textual, mas também a criticidade e o conhecimento de mundo, o Vestibular Uesb encerra mais uma etapa do processo de seleção de novos graduandos, nesta segunda, 21.

Uma das poucas universidades que ainda mantém o tradicional Vestibular como forma de ingresso, a Uesb prima pela segurança da seleção e pelo bem-estar dos estudantes. Mais tranquila por já ter participado do processo nos anos anteriores como treineira, Yeza Lima, do município de Malhada, tenta uma vaga no curso de Ciências Biológicas.

A estudante ressalta o quanto a estrutura montada traz confiança na integridade na seleção. “A fiscalização na minha sala foi maravilhosa, com pessoas muito educadas que souberam conduzir o processo. Eu me sinto muito segura sobre a seleção, desde o momento da inscrição até agora”, avalia.

recortes (1)

Maior participação

Com mais de 13 mil candidatos inscritos nesta edição, o Vestibular Uesb de 2019 chega ao fim com uma redução significativa no índice de abstenção na realização de provas. Em 2018, 33% dos candidatos inscritos não comparecem ao exame. Neste ano, o percentual caiu para 16,58%.

A maior adesão e a constante busca pela formação superior fornecida na Uesb são reflexos do reconhecimento da Instituição enquanto referência em Ensino Superior público e de qualidade. “A manutenção do índice de inscritos, que sempre é acima de 13 mil, é reflexo de que a Uesb está consolidada como uma Instituição de Ensino Superior no estado da Bahia, que qualifica profissionais para o mercado de trabalho e forma tecnicamente para a pesquisa e para a pós-graduação em inúmeras áreas”, analisa o professor Reginaldo Pereira, pró-reitor de Graduação.

Esse reconhecimento atrai, por exemplo, estudantes não só do Sudoeste baiano, como de diversos territórios de identidades em todo país. Curitiba, São Paulo, Aracaju, Brasília, Manaus. Inscritos de todas as regiões do Brasil buscaram uma vaga em dos três campi da Uesb.

É o caso de José Carlos Química, um dos 40 inscritos da cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais, que tenta uma vaga na Instituição. Aos 48 anos, o já professor de Química vê a Universidade como uma opção de realização do sonho de ser médico. “Por ser um Vestibular, a Uesb é uma segunda oportunidade, uma nova chance de ingressar. Um dos grandes motivos de escolher a Uesb é a qualidade”, revela.

O compromisso da Universidade também com a formação humana e a valorização da diversidade é um dos aspectos que destacam a Universidade enquanto instituição de Ensino Superior. “Somos uma Instituição com um perfil que abarca a diversidade, que tem um sistema de cotas, no qual abre espaço para quilombolas, indígenas, pessoas com deficiência, por exemplo. É o perfil que pensa os Direitos Humanos, que tem uma política de permanência estudantil forte. Isso credencia a Universidade para que os candidatos de outras regiões venham fazer o Vestibular”, pontua o pró-reitor de Graduação.