Graduação

Vivência prática é um dos diferenciais do curso de Psicologia da Uesb

por Juliana Silva

Principal
Um dos cursos mais recentes da Uesb, a graduação em Psicologia teve início no ano de 2013, no campus de Vitória da Conquista. Mesmo novo, o curso é um dos mais procurados da Universidade. No último vestibular, por exemplo, foi o terceiro  mais procurado entre os candidatos.

Informações básicas

Criação: 2010
Modalidade: Bacharelado/Licenciatura
Campus: Vitória da Conquista
Duração mínima: 10 semestres

Sendo dividido em 10 períodos, a turma mais antiga do curso está, atualmente, no sétimo semestre. Monique Cajaíba, que é aluna da primeira turma, conta que quando passou na Uesb já estava finalizando o segundo período em uma faculdade particular, no entanto, mesmo sabendo dos desafios de ingressar em um curso novo, preferiu optar pela Uesb. “Meu sonho era ingressar em uma universidade pública, pelo reconhecimento dos cursos e oportunidades de pesquisa e extensão. Portanto, mesmo com a graduação iniciando, acreditei que seria um curso reconhecido e que as oportunidades de aprendizagem seriam maiores do que a instituição privada, por poder contar com o corpo docente qualificado com mestrado e doutorado”, destaca a discente.

De acordo com a atual coordenadora do colegiado do curso, professora Carmem Virgínia Moraes, a graduação foi pensada pelo corpo docente da área de Psicologia já existente na Universidade e o seu projeto buscou refletir de fato a realidade local. “Baseado nos propósitos institucionais de ensino, pesquisa e extensão, o curso de Psicologia da Uesb busca proporcionar ao profissional em formação sua participação na construção dos saberes e fazeres da ciência psicológica apresentando-o às demandas emergentes”, explica a professora.

Mesmo sendo novo, o curso de Psicologia é um dos mais procurados da Uesb.

O curso da Uesb tem como objetivo formar um profissional psicólogo habilitado a exercer a Psicologia em diferentes contextos, por meio da investigação, análise, avaliação, prevenção e atuação em processos psicológicos e psicossociais. Além do bacharelado, na Universidade, o aluno tem a possibilidade da formação de professor de Psicologia. “Obrigatoriamente, ofertamos o bacharelado e licenciatura, que é optativa. A formação de professor em Psicologia é oferecida concomitantemente à formação de Psicólogo, ou seja, a única diferença é que aluno do curso que optar por também fazer a licenciatura terá disciplinas voltadas para a docência”, explica a coordenadora do curso.

Estágios e Núcleo de Práticas Psicológicas

“O Curso de Psicologia da Uesb concebe a práxis como essencial para a formação do profissional Psicólogo e considera essa ferramenta como um diferencial na sua proposta pedagógica, que prevê atividades de estágio desde o ingresso do aluno no Curso”, comenta a professora Carmem Virgínia Moraes. De acordo com ela, do primeiro ao sétimo semestre os alunos têm estágios básicos, que são chamados de estágios de observação. A partir do oitavo, eles passam a contar com estágios específicos, quando os discentes têm a possibilidade de realizar intervenções.

Para Monique Cajaíba, esse é um dos pontos positivos da graduação. “Embora o curso ofereça os estágios desde o início, cabe salientar que nos primeiros semestres os estágios são de observação, pois ainda não possuímos um aporte teórico para intervir como profissional, mas eles contribuem de forma significativa para a construção do conhecimento. Esse é um diferencial do curso, porque a prática enriquece muito a aprendizagem”, comenta a aluna.

A partir de 2016, para nortear e disciplinar os estágios, o curso passou a contar com o Núcleo de Práticas Psicológicas (Nuppsi). “Temos como objetivo tornar esse espaço um lugar que possibilite práticas diversas, contribuindo para o desenvolvimento teórico-prático dos alunos de Psicologia”, esclarece Moraes. Além de ser o local onde são desenvolvidas as atividades de estágios curriculares obrigatórios e as ações de projetos de pesquisa e extensão, o Núcleo oferta serviços psicológicos gratuitos à comunidade, prestados por uma equipe de alunos que atuam sob supervisão do corpo docente do curso de Psicologia.