Diminuir Fonte Aumentar Fonte Alto Contraste

Campus de Vitória da Conquista, 22 de novembro de 2017

UESB Governo do Estado da Bahia

Linhas de Pesquisa

LINGUAGENS E PRÁTICAS SOCIAIS

O desenvolvimento recente da História cultural suscitou o aparecimento de novas tendências teórico-metodológicas, amparadas no contributo dos vários campos da Ciências Humanas, da Lingüística e da Psicologia Social. Ampliou-se ao limite do inimaginável o conceito de objeto histórico e a noção de fonte histórica e, contra a idéia tradicional de cultura de uma época, de um espírito do tempo, afirmaram-se o princípio da diversidade cultural, a associação entre níveis de cultura e grupos sociais e a idéia de circularidade de culturas. O conceito restritivo de cultura – que toma como objeto e fontes apenas as manifestações artísticas e literárias das elites – foi confrontado pela heterogeneidade dos produtos culturais e pela associação entre a produção social e as contradições sociais inerentes aos períodos históricos. É preciso reconhecer a extrema diversidade da produção, dos hábitos e dos modelos culturais que circulam na sociedade e que são recebidos, compreendidos, de diferentes formas, nos diferentes meios. Para além dos objetos e produtos culturais, a noção de cultura passou a abarcar, também, valores, práticas culturais e representações. Como objetos privilegiados de estudo, a suscitar importantes pesquisas empíricas e uma ampla produção bibliográfica de natureza transdisciplinar, estão as múltiplas linguagens que, em diversos contextos, em diferentes suportes e sob variadas formas de expressão, se afirmam como práticas sociais relevantes para os estudos das Ciências Sociais e de Humanidades. É para esta perspectiva que se volta a linha de pesquisa Linguagens e Práticas Sociais, para a investigação e produção de conhecimento, a partir de uma abordagem multidisciplinar, tendo como escopo os objetos e práticas culturais, valores e representações associados às múltiplas linguagens humanas dispostas em diacronia ou na profundidade sincrônica de sua base social, cultural, ideológica.

LINGUAGENS E EDUCAÇÃO

A linha de pesquisa Linguagens e Educação constitui-se em um espaço para se investigar questões atinentes ao ensino e aprendizagens de línguas , intercaladas com a cultura da sala de aula, lançando mão de investigação etnográfica para aprofundar e gerar conhecimentos científicos nas inter-relações entre linguagem, cultura e práxis pedagógica. Busca estabelecer modelos de investigação científica de natureza interdisciplinar, afirmando esse caráter nas Ciências da Educação e da Linguagem, polemizando sobre a reflexão dos fundamentos epistemológicos da pesquisa nessa articulação do objeto entre linguagem e educação. A área delimita seus estudos em linguagens e práticas discursivas, ensino e aprendizagem de línguas, modos de enunciação e circulação de textos na sociedade letrada.

BUSCA

Parceiros

ppg
folio
capes
cnpq
fapesb
periodicos

Contato Rápido

E-mail: ppgcel@gmail.com

Telefone: 77 3424.8695

Horário de Funcionamento: 8 às 11:45 h e de 14 às 17:45 h