Diminuir Fonte Aumentar Fonte Alto Contraste

Campus de Vitória da Conquista, 17 de novembro de 2019

UESB Governo do Estado da Bahia

Histórico do Programa

O Curso de Mestrado em Educação começou a ser construído no Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas, Gestão e Práxis Educacionais (Gepráxis), 2004. Como resultados de seu trabalho, junto aos graduandos, professores, autoridades oficiais locais e entidades envolvidas nos processos educativos, estreitando as relações entre universidade e comunidade nos três campi da UESB e em municípios circunvizinhos na região sudoeste da Bahia destacam-se: a) realização do Seminário Nacional Políticas Públicas, Gestão e Práxis Educacionais – Seminário Gepráxis – (edições de 2006, 2008, 2010 e 2012). O Seminário Gepráxis ganhou uma disensão internacional a partir de 2015, passando a se chamar Seminário Nacional e Seminário Internacional Políticas Públicas, Gestão e Práxis Educacionais – Seminário Gepráxis –, já tendo sido realizadas duas edições (2015 e 2017); d) criação, em 2009, do curso de Especialização em Políticas Públicas, Gestão e Práticas Educacionais que se encontrava em vias de selecionar sua terceira turma. Congrega docentes da UESB e atende aos profissionais da educação básica e demais interessados. Os docentes do curso participam de grupos de pesquisa cadastrados no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq, têm desenvolvido projetos de pesquisa e extensão e orientado discentes de graduação (bolsistas e voluntários) e de especialização ligados diretamente às temáticas dos grupos; e) publicação de livros autorais por docentes do Programa; f) publicação de livros (coletâneas) com textos produzidos pelos pesquisadores e colaboradores do grupo; h) apresentação de trabalhos produzidos pelo grupo em eventos locais, regionais, nacionais e internacionais; i) participação de professores do grupo na Comissão departamental criada para elaboração do projeto de Mestrado em Educação. Os pesquisadores do Gepráxis em articulação com grupos de pesquisa de universidades brasileiras e estrangeiras, em diferentes atividades acadêmicas tais como: produção de artigos e livros; participação em eventos; participação em cursos de pós-graduação como docentes e participação em bancas de mestrado e doutorado. O Mestrado em Educação, cujo projeto resulta da iniciativa dos professores do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas (DFCH), em especial, da Área de Educação e do Gepráxis, integra, portanto, professores do DFCH e de outros Departamentos da UESB: Departamento de Estudos Linguísticos e Literários (DELL), Departamento de História (DH), Departamento de Ciências Humanas e Letras (DCHL), Departamento de Estudos Básicos e Instrumentais (DEBI) no quadro de professores permanentes. Estes professores participam dos seguintes grupos de pesquisa.

A Área de concentração do Programa é Educação, compreendida como um bem coletivo, que envolve as dimensões social, histórica, cultural, política, capazes de contribuir com os processos de emancipação dos sujeitos e transformação de suas realidades socioeducacionais. A sociedade é entendida aqui como uma rede de interdependências configuradas na relação sociedade e indivíduo, por isso mesmo, o processo educacional é a um só tempo produtor e reprodutor de valores, princípios e crenças constituídos e vivenciados, inter e intrageracionalmente, no contexto social e histórico. O PPGEd, cuja área de concentração é Educação, organiza-se em quatro linhas de pesquisa, considerando a pesquisa educacional como eixo central da formação do pesquisador, exigindo envolvimento integral do pós-graduando em todas as atividades acadêmicas. Linhas de Pesquisa 1: Política Pública Educacional. A linha de pesquisa se constitui a partir da articulação de investigações que abrangem a educação como política pública. Pesquisa a gestão das escolas e dos sistemas educacionais; o planejamento, a implantação, o financiamento e a avaliação das políticas educacionais; as políticas de formação de professores e as ações governamentais delas decorrentes; a valorização e o trabalho docente; os movimentos sociais e seus processos educativos, bem como realiza estudos comparados em políticas educacionais. Linha de Pesquisa 2: Currículo, Práticas Educativas e Diferença. Estuda o pensamento curricular em diferentes abordagens teórico-metodológicas. Investiga as políticas públicas e as práticas curriculares voltadas para educação básica e superior. Pesquisa práticas educativas como prática social, em espaços formais e não-formais de educação, com enfoque no modo como suas diferentes configurações imprimem normas de conduta. Aborda a diferença incluindo as questões sobre os sujeitos e a sociedade, no campo do currículo. Linha de Pesquisa 3: Linguagem e Processos de Subjetivação. Estudos na interface entre educação, linguagem, letramentos e processos de subjetivação, considerando aspectos históricos, sociais, culturais e discursivos no currículo, na formação humana e nas práticas pedagógicas. Linha de Pesquisa 4: Conhecimento e Práticas Escolares. Desenvolve pesquisas mediante diferentes referenciais teórico-metodológicos, que tenham como objeto central os processos de ensino e aprendizagem com ênfase em: práticas curriculares na escola; escolarização e sentidos do conhecimento escolar para a vida; relação entre conhecimentos específicos e conhecimentos pedagógicos; formação de professores; história das disciplinas escolares;  saberes docentes.

Integram o quadro do PPGED, 23 (vinte e três) professores doutores, sendo 17 (dezessete) deles doutores em educação. Todos os docentes são envolvidos em projetos de pesquisas credenciados em Universidades Públicas, sendo que a grande maioria deles conta com financiamento do CNPq e/ou da CAPES e/ou da FAPESB por meio da concessão de bolsa de mestrado e de iniciação científica. Todos integram grupos de pesquisa cadastrados no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq os quais contam com a participação não apenas dos mestrandos, mas também de bolsistas de iniciação científica, discentes da graduação, professores da educação básica, funcionários e professores da Instituição; conforme regimento institucional, desenvolvem trabalho de ensino e orientação nos cursos de graduação, especialmente nas licenciaturas;

O estímulo à pesquisa, o fortalecimento dos grupos e núcleos emergentes de pesquisa resultaram em avanços significativos na produção científica. O cadastro de Grupos de Pesquisa no Diretório do CNPq revela a diversidade de áreas de conhecimento e aponta a tendência de crescimento e inserção de pesquisadores e estudantes nestes grupos. Vale ressaltar que muitos desses grupos de pesquisa contam com docentes de outras instituições, revelando assim a formação de redes de pesquisa.

Das razões para a existência do Programa de Pós-Graduação em Educação na UESB, com a oferta do Curso de Mestrado Acadêmico em Educação, ressalta-se a compreensão de que, sendo a UESB uma instituição interiorana, distante dos centros, cerca de 600 km em que há a oferta de outros cursos de Mestrado em Educação. Com uma demanda considerável, tendo em vista os cursos de Pedagogia e os diversos cursos de Licenciatura em outras áreas, oferecidos na UESB e em Faculdades Particulares de Vitória da Conquista e de municípios circunvizinhos, procurava-se oportunizar ao interior da Bahia, mais especificamente, no sudoeste do estado. Além disso, por Vitória da Conquista ser localizada em região vizinha ao estado de Minas Gerais, o Programa atende também a mesma demanda de formação pós-graduada, na área, referente ao norte daquele estado.

A preocupação com a demanda regional por pós-graduação se confirmou na grande quantidade de inscritos nos processos seletivos: em 2013 foram disponibilizadas 13 vagas com um total de 365 pedidos de inscrição; em 2014 foram disponibilizadas 21 vagas com um total de 240 pedidos de inscrição; em 2015 foram disponibilizadas 25 vagas com um total de 250 pedidos de inscrição; em 2016 foram disponibilizadas 26 vagas com um total de 265 pedidos de inscrições; em 2017 foram disponibilizadas 39 vagas com um total de 385 pedidos de inscrições; em 2017 foram disponibilizadas 39 vagas com um total de 360 pedidos de inscrição; em 2018 foram disponibilizadas 40 vagas com 360 pedidos de inscrição; e, ainda em 2018, foi realizado o processo seletivo para ingresso na turma de 2019 com a oferta de 40 vagas com um total de 283 pedidos de inscrições.

Dando continuidade à Proposta inicial desenvolvida durante o primeiro quadriênio de sua existência, o Programa de Pós-Graduação em Educação investiu a partir do ano de 2017, na sua consolidação e fortalecimento, conforme ações descritas:

  1. a) Realização do evento central do Programa: VI Seminário Nacional e II Seminário Internacional Políticas Públicas, Gestão e Práxis Educacional (Seminário Gepráxis), de 24 a 27 de outubro, visando os seguintes objetivos: socializar resultados de pesquisas e experiências, bem como aprofundamento do debate das temáticas que se entrecruzam nas relações dos movimentos sociais com a educação; congregar pesquisadores e educadores do campo das políticas públicas, gestão e práxis educacional e educação em apresentações e debates sobre os estudos e experiências desenvolvidas nos âmbitos local, regional e nacional, e internacional no que se refere à temática do evento; articular com os participantes dos diferentes países (Argentina, Brasil, Cabo Verde, Colômbia, Espanha, México, Portugal, Venezuela) a constituição de uma rede regional, nacional e internacional de pesquisadores envolvidos nas temáticas abrangidas pelo evento, como fim de compartilhar, realizar e divulgar pesquisas desenvolvidas; estabelecer formas de socialização e divulgação das pesquisas e experiências dos espaços escolares e não escolares dos movimentos sociais com outras instituições de ensino superior no Brasil e em outros países, principalmente, da América Latina; fortalecer os grupos de estudos da UESB, relacionados à temática do evento; estabelecer discussões para possíveis intercâmbios e parcerias de pesquisa e publicações entre os países presentes e participantes do evento (Argentina, Brasil, Cabo Verde, Colômbia, Espanha, México, Portugal, Venezuela); realizar o lançamento de livros produzidos por pesquisadores de diferentes regiões do Brasil e dos demais países participantes do vento. A realização desse evento contou com o financiamento da CAPES por meio do Edital 03/2017.
  1. b) Realização dos eventos para fortalecimentos das linhas e dos grupos de pesquisas do Programa: Minicurso Pesquisa, Educação e Cotidianos: cenários e políticas, realizado em 15 de março de 2017; Roda de conversa “Fim de Tarde: um olhar sensível para a pesquisa educacional na perspectiva da formação de professores”, realizado em 16 de março de 2017; Seminário Temas Transversais na Pesquisa em Educação Aspectos Teóricos e Metodológicos realizado de 27 a 29 de março de 2017; Palestra: Política de formação docente no Brasil e Portugal, realizado em 13 de julho de 2017; I Seminário CIPED/CNPq: Pensamento Pedagógico Latino Americano: entre as difusões e as emergências, realizado de 25 a 27 de julho de 2017; Seminário Diálogos sobre Pesquisa e Educação realizado em 20 de novembro de 2017.
  1. c) Realização do “I Encontro de Egressos do PPGEd/UESB”, realizado em 26 de outubro de 2017;
  1. d) Tem investido na qualificação da Revista Práxis Educacional, com melhorias no portal, observância da diversidade geográfica da origem dos artigos publicados, ampla divulgação nacional e internacionalmente. Com esse investimento, a revista foi avaliada, em 2017, referente ao quadriênio 2013-2016, alterando o qualis de B3 para B1.A partir de 2018 a revista altera sua periodicidade de quadrimestral para trimestral.
  1. e) Participação de professores do PPGEd no Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), na condição de coordenadores de área/subprojeto e na condição de coordenador de gestão do Pibid Institucional;
  1. f) Publicação de livros visando a solidificar e ampliar a cooperação acadêmica com programas de pós-graduação em nível de mestrado e doutorado situados no estado da Bahia e outras instituições nacionais e internacionais, visando a consolidar as linhas de pesquisa do Programa;
  1. g) Apresentação de trabalhos produzidos pelos professores e pós-graduandos do Programa em eventos locais, regionais, nacionais e internacionais com destaque na participação da 38ª Reunião Nacional da ANPED;
  1. h) O coordenador do PPGEd, editor da Revista Práxis Educacional, Professor Claudio Pinto Nunes, foi eleito na vice-coordenação Fórum de Editores de Periódicos da Área de Educação (FEPAE Nacional) e na vice-coordenação do Fórum de Editores de Periódicos da Área de Educação das Regiões Norte e Nordeste (FEPAE – NNE);
  1. i) O PPGEd manteve-se associado à Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED);
  1. j) Criação de Comissão de acompanhamento dos discentes, por linha de pesquisa, com o objetivo de garantir o fluxo;
  1. k) Reformulação do currículo do curso de Mestrado, bem como suas linhas de pesquisas, tomando como referência o parecer de avaliação do quadriênio 2013-2016 emitido pela Diretoria de Avaliação da CAPES, alterações estas implementadas a partir de 2018;
  1. l) O PPGEd continua contando com bolsas de mestrado concedidas pelas agências de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado da Bahia (FAPESB) e bolsa de pós-doutorado do Programa Nacional de Pós-Doutorado (PNPD), concedida pela CAPES;
  1. m) Participação dos professores Claudio Pinto Nunes e Denise Aparecida Brito Barreto em reuniões científicas na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, com o objetivo de elaborar um Plano de Trabalho e Termo de Convênio entre o PPGEd e a referida Faculdade, realizado em julho de 2017;
  1. n) Participação do professor Claudio Pinto Nunes em reuniões científicas na Facultat d’Educació de la Universitat de Barcelona, com o objetivo de planejar Cooperação e Termo de Convênio entre o PPGEd e a referida Faculdade, realizado em 15 de novembro de 2017;
  1. o) Participação do professor Claudio Pinto Nunes em mesa para apresentação e divulgação da Revista Práxis Educacional na Facultat d’Educació de la Universitat de Barcelona, com o objetivo de ampliar a internacionalização do referido periódico, realizado em 15 de novembro de 2017;
  1. p) Participação do professor Claudio Pinto Nunes, na condição de palestrante na Jornada d’intercanvi d’experiències internacionals de Pràctiques Externes em l’àmbit d’educació: el cas de la Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Brasil) realizado na Facultat d’Educació de la Universitat de Barcelona, com o objetivo de planejar Cooperação e Termo de Convênio entre o PPGEd e a referida Faculdade, realizado em 16 de novembro de 2017;
  1. q) Participação do professor Claudio Pinto Nunes, na condição de palestrante, do II Congresso Internacional Transformações e (In)Consistências das Dinâmicas Educativas: O (trans)nacional, o local e o comunitário nas políticas educativas, na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, no período de 09 a 11 de novembro de 2017.

A professora Doutora Berta Leni Costa Cardoso, da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), foi cadastrada no PPGEd, com vínculo de Pós-doutorado, sem bolsa, no período de novembro de 2015 a novembro de 2017, sob supervisão do Professor Doutor Claudio Pinto Nunes.

A professora Doutora Ana Paula Silva da Conceição, da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), foi cadastrada no Sistema de Acompanhamento de Concessões (SAC), tendo vínculo de Pós-doutorado como bolsista do Programa Nacional de Pós-Doutorado (PNPD), pelo PPGEd, no período de maio de 2017 a abril de 2018, sob supervisão da Professora Doutora Denise Aparecida Brito Barreto.

A professora Doutora Graça dos Santos Costa, da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), foi cadastrada no Sistema de Acompanhamento de Concessões (SAC), tendo vínculo de Pós-doutorado como bolsista do Programa Nacional de Pós-Doutorado (PNPD), pelo PPGEd, no período de maio de 2018 a abril de 2019, sob supervisão do Professor Doutor Claudio Pinto Nunes.

O professor Doutor Ricardo Franklin de Freitas Mussi, da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), no PPGEd, com vínculo de Pós-doutorado, sem bolsa, no período de novembro de 2015 a novembro de 2017, sob supervisão do Professor Doutor Claudio Pinto Nunes.

No ano de 2017 foram realizadas 51 defesas de dissertações e no ano de 2018 24 defesas, todas elas contando com um avaliador interno ao Programa e um avaliador externo a Instituição, além do orientador ou coorientador, quando for o caso. Nesse sentido, ressalta-se que o Programa garantiu, em sua totalidade, o fluxo de alunos titulados previstos para o ano de 2017, tendo adiantado algumas defesas previstas para serem realizadas em 2018. Ressaltamos, ainda, a qualidade das dissertações defendidas, conforme pareceres emitidos pelas bancas examinadoras.

Dentro desse quantitativo de titulados em nível de Mestre em Educação, 21 são Docentes e Técnico-Administrativos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais (IFNMG), frutos de um convênio firmado entre o IFNMG e o PPGED/UESB, com o objetivo de qualificação profissional do referido Instituto.

BUSCA

Parceiros

Contato Rápido

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEd)
Estrada do Bem Querer, KM 04
Vitória da Conquista –  Bahia
CEP: 45083-900
Fone: (77) 3424-8749
E-mail: ppged@uesb.edu.br