Editorial - Edição 03

Graduação

Ciências Biológicas: diversas possibilidades na UESB

por Juliana Silva

Quem opta pelo curso de Ciências Biológicas na Uesb vai se deparar, ainda no Vestibular, com várias possibilidades. Na Instituição, atualmente, são oferecidas, por ano, sete opções do curso, distribuídos em Itapetinga, Jequié e Vitória da Conquista, em diferentes horários, o que coloca a Universidade como uma das principais formadoras de profissionais da área de Ciências Biológicas da Bahia.

Informações básicas

Ano: 1998/2004 e 2008
Modalidade: Bacharelado/Licenciatura
Campus: Itapetinga, Jequié e Vitória da Conquista
Duração mínima: 8 semestres

Ao se decidir pelo curso de Biologia, o aluno, primeiramente, precisa escolher entre licenciatura e bacharelado. De acordo com as coordenações dos cursos, na prática, a maior diferença entre as graduações é o fato de que a licenciatura prepara o aluno não só para atuar como biólogo, mas também como professor de ensino básico. “O que nós temos de diferente entre as graduações diz respeito à grade curricular. As disciplinas que os alunos de licenciatura estão sujeitos a pegar são aquelas que preparam ou que tentam, de alguma forma, passar o conhecimento da realidade da sala de aula, são as disciplinas que envolvem didática. Os graduandos da licenciatura precisam realizar estágio supervisionado tanto no ensino médio quanto no fundamental”, esclarece o professor Murilo Marques Scaldaferri, coordenador do curso no campus de Itapetinga.

Além de ter a licença garantida pelo diploma para dar aulas no Ensino Básico, de acordo com a coordenadora da graduação no campus de Jequié, professora Claudia Coelho, o biólogo licenciado pode atuar na pesquisa educacional, elaborando e executando projetos pedagógicos no intuito de estabelecer relações entre teoria e prática. “Sua formação deverá assegurar conhecimentos biológicos, noções gerais de química, física e matemática, bem como conhecimentos pedagógicos e das bases filosóficas, sociais e históricas que fundamentam a educação; além de possibilitar uma visão ampla do contexto social no qual a escola está inserida e das políticas educacionais vigentes que definem novos rumos para a sociedade brasileira”, explica Coelho.

Com 7 opções de curso, a Uesb é uma das principais formadoras de profissionais da área de Ciências Biológicas da Bahia.

Já a coordenadora da graduação no campus de Vitória da Conquista, Raquel Perez Maluf, esclarece que “a licenciatura garante a inserção do profissional no Ensino Básico, o que o bacharelado não garante. Mas quem é licenciado também pode atuar em qualquer área do campo das Ciências Biológicas”. Nesse sentido, a licenciatura e o bacharelado apresentam o mesmo perfil, pois ambos preparam os alunos para atuar nas três grandes áreas definidas pelo Conselho Federal de Biologia: Meio Ambiente e Diversidade; Saúde e Biotecnologia. Nesse sentido, “tanto o licenciado quanto o bacharelado têm um campo bastante amplo de atuação, principalmente, por conta das mudanças de perspectivas da sociedade atual”, comenta Maluf. Os problemas socioambientais contemporâneos, por exemplo, exigem cada vez mais a presença e atuação de biólogos em equipes multi e interdisciplinares para o enfrentamento de questões relacionadas, especialmente, à biodiversidade, biotecnologia e saúde ambiental.

Ciências Biológicas com ênfase em Ecologia de Águas Continentais e Genética

A estrutura curricular do curso de bacharelado em Ciências Biológicas é constituída de disciplinas de formação básica e formação geral, objetivando a formação de profissionais de forma mais técnica. Já no campus de Jequié, os alunos que optam pelo bacharelado têm ainda uma formação profissional específica nas áreas de Ecologia de Águas Continentais e Genética, que são as ênfases da graduação. “O objetivo do currículo em vigor é de propiciar uma sólida formação básica, permitir o direcionamento da formação específica do aluno de acordo com seu interesse por meio da seleção de atividades acadêmicas e estimular a realização de outras atividades além das disciplinas”.

O biólogo bacharel formado no campus de Jequié, além de ser capacitado para atuar em pesquisa básica e aplicada nas diferentes áreas das Ciências Biológicas, pode utilizar a metodologia científica para o planejamento e execução de processos e técnicas visando o desenvolvimento de projetos, perícias, consultorias, emissão de laudos, pareceres e avaliações de impactos ambientais e demais aspectos relacionados à Ecologia de Águas Continentais e à Genética em diferentes contextos. Com qualidade e responsabilidade, o profissional desenvolve sua função no que se refere à conservação e manejo sustentável da biodiversidade e da melhoria da qualidade de vida.