Brasão UESB/Governo da Bahia

Milhares de estudantes buscam uma vaga na UESB

Graduação

Primeiro dia - principal
Este domingo, 20, foi marcado pelo início das provas do Vestibular Uesb 2019. Ao todo, mais de 13 mil pessoas se inscreveram para realizar o processo seletivo. Com quase 40 anos de história, a Uesb é referência enquanto universidade pública ao oferecer, tanto para a comunidade regional, quanto nacional, a oportunidade de ingressar no Ensino Superior.

Para o reitor da Instituição, professor Luiz Otávio de Magalhães, defender um ensino associado à pesquisa e à extensão contribui para o reconhecimento da Uesb como referência não só na região, como no país. “Nas avaliações oficiais, conduzidas pelo Ministério da Educação e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, nós estamos na faixa superior em termos de qualificação. Nossa Universidade tem um Índice Geral de Cursos que apenas cerca de 15% ou 16% das Universidades conseguem ter”, ressalta o reitor.

Mais de 13 mil candidatos concorrem às 1186 vagas ofertadas pela Uesb para os seus 47 cursos de graduação.

Primeiro dia de provas

Neste primeiro dia do processo, os estudantes resolveram questões de Língua Portuguesa, Língua Estrangeira, Matemática e Redação. Foram disponibilizadas 4h30 para que os estudantes finalizassem essa primeira etapa do processo seletivo. Uma das provas mais aguardadas do Vestibular é a Redação, que trouxe como proposta a discussão sobre “Ciência e tecnologia: acesso, benefícios e malefícios”.

Estudante de Maiquinique, Kaven Maia revela que já tinha lido conteúdos que auxiliaram na hora de elaboração da Redação: “achei bem interessante, uma abordagem bem real, do nosso cotidiano. Foi necessário pra que a gente mesmo pudesse refletir sobre esse tema. Já tinha lido algo a respeito e imaginei que pudesse ser ele”, analisa.

Reconhecimento e formação superior

Candidatos de outras cidades e de outros estados encontram na Uesb, enquanto uma universidade pública e de qualidade, uma segurança para ingressar no Ensino Superior. É o caso de Letícia Santos, que veio de Salvador e tenta uma vaga, pelo Vestibular, para o curso Medicina. A estudante pontua a importância de estudar em uma instituição pública para seu currículo. “Com certeza, uma universidade pública aumenta muitos pontos no currículo”, comenta Letícia.

Larissa Araújo, que já cursa Engenharia Florestal na Uesb, quer ir em busca de um outro sonho e está fazendo Vestibular para Jornalismo. De acordo com a candidata, o reconhecimento é um diferencial para ela optar em continuar os estudos na Instituição. “Na universidade pública, eu acredito há a questão de um maior reconhecimento na sociedade, que é um diferencial”, defende.

Entender o papel da Uesb e sua importância na sociedade torna o processo seletivo ainda mais relevante. Nesse sentido, ações significativas para corresponder às expectativas dos candidatos são pensadas para a realização do Vestibular. “A nossa equipe tem desenvolvido e criado soluções para garantir condições básicas a todos os candidatos, com o objetivo que eles façam uma prova tranquila. Assim, desejamos boa sorte a todos e que façamos desse processo seletivo mais uma etapa da nossa Instituição”, afirma o reitor da Uesb.

Matérias mais vistas

confira as matérias com mais cliques em nossa revista eletrônica

Especial 40 anos
Os primeiros passos de uma universidade
Especial 40 anos
A educação na região Sudoeste...
Especial 40 anos
Passado e presente se encontram em...
Especial 40 anos
40 anos desbravando os caminhos da...
Especial 40 anos
Uesb impulsiona crescimento...
Assistência Estudantil
Políticas afirmativas garantem...
Especial 40 anos
Onde são formados os professores da...
Especial 40 anos
Pesquisa e extensão a serviço da...
Especial 40 anos
40 fatos sobre a Uesb que você...
Especial 40 anos
Laboratórios qualificam a formação...
Especial 40 anos
Universidade oferece oportunidades de...
Especial 40 anos
Qual a cara da Uesb dos 40 anos?