quem somos

Em 1999, a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) decidiu criar sua própria editora, que começou inicialmente como um Setor de Publicação, vinculado à Assessoria Especial de Comunicação, Editoração e Vídeo (Acev). Nesse mesmo ano foram realizados dois amplos seminários com a finalidade de se obter uma linha norteadora que indicasse o que publicar, como publicar, sob quais critérios publicar.

O Setor de Publicações funcionou durante cerca de dois anos e, em agosto de 2001, através da Resolução 02/2001, do Conselho Universitário (Consu), foi aprovado o Regimento da Editora da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Edições Uesb).

Em agosto de 2002 a Edições Uesb efetivou-se como Editora e, desde então, tem procurado ampliar seu leque de publicações e aperfeiçoar seus procedimentos, procurando atingir um nível de qualidade que lhe garanta o respeito da comunidade acadêmica e do público em geral.

Desde a sua fundação, baseou suas linhas editoriais em: livros técnico-científicos, periódicos, textos didáticos e artístico-literários, sendo esse último por meio de concurso anual, denominado Prêmio Professora Zélia Saldanha, objetivando difundir obras inéditas, em língua portuguesa, de autores domiciliados na Região Sudoeste da Bahia.

Os originais são analisados por especialistas de suas respectivas áreas, que emitem pareceres suficientemente abalizados para que se decida sobre sua publicação. Uma vez aprovados pelos pareceristas e pelo Comitê Editorial da Uesb, uma instância de caráter consultivo e, no que couber deliberativo, os textos são trabalhados no tocante a aspectos formais e técnicos.

O resultado desse esforço pode ser avaliado no nosso catálogo. No momento em que a Uesb amplia e consolida sua posição nos meios acadêmicos, é de fundamental importância que uma universidade possa ter instrumentos que possibilitem a divulgação do conhecimento que produz.